Paulistana com duas quedas no vão entre o trem e a plataforma

Em 12.09.2016   Arquivado em Pessoal

Quem me segue no twitter já deve ter lido a minha bio. Então, hoje vou contar como aconteceu.

Essa lasqueira de cidade grande que é São Paulo, sempre me fez perder várias horas do meu dia num transporte público junto com a minha vontade de viver. Cheguei a ter um blog contanto as desventuras em ir ao trabalho pq sério, TODO DIA ACONTECIA UMA COISA BIZARRA.

A primeira vez que cai no vão:

Foi na estação Itaquera. Antes deles terem aquela paradinha amarela que diminui o espaço entre a plataforma e a porta do trem. Era tipo 9h da manhã saca? Não tinha muita gente na plataforma e foi a melhor época pra mim pois conseguia ir sentada, era maravilhoso. Então, mais ou menos em outubro ou novembro estava indo linda e maravilhosa para o trabalho, a porta abre e quando me dou conta, meu plano de visão mudou e estava dependurada no ferro do lado do banco e perguntando que porra tinha acontecido.

Até hoje não sei se fui empurrada ou simplesmente não vi onde pisei – fico com a segunda opção pois sou um desastre hahaha –  só sei que, como estava no canto da porta, quando cai – só foi uma perna – meu reflexo ninja (sqn) já foi segurando a barra pra segurar e consegui levantar. O mais incrível foi que: CONSEGUI IR SENTADA!

A Segunda vez que cai no vão:

Era quarta-feira e era jogo do corintians. Uma final importante (acho que ele ganhou o título de alguma merda esse dia) e 18h30 o metrô estava O INFERNO, O CAPIROTO NA TERRA. Supernatural era fichinha em comparação ao estado deplorável daquele lugar, jesus na causa. Então, o trem estava com intervalos longos pq tinha muita gente, então decidi ir pra Luz (nome bem irônico, diga-se de passagem) e pegar um trem até Itaquera. Mal sabia eu a besteira que estava fazendo. Que poderia ser meu último dia na terra.

Chegando na Luz, claro, aquela ZONA. Não tinha espaço na plataforma e, depois de esperar por 3 trens, finalmente eu poderia pegar o próximo, ir sentada e ser feliz. NOT TODAY.

Antes mesmo do trem parar, as pessoas já empurram, e nisso eu pisem em falso e bem, segunda queda.

Dessa vez foi bem pior do que da primeira, eu não lembo muito bem como foi tudo, só sei que estava da cintura pra baixo no vão e me agarrando desesperadamente no chão e gritando que eu ia morrer.

Sim, eu gritei, gritei alto, AI MEU DEUS EU VOU MORRER NESSA PORRA! 

Alguém me chutou na cabeça e outro pisou na minha mão e eu só pensando na merda que era morrer na porra do vão de um trem na Luz sentido Itaquera. Minha vida começou a passar diante dos olhos. Meu primeiro porre aos 5 anos, meu primeiro dia na escola, meus dias solitários na escola, as crianças me zoando na escola, e no momento que eu tava achando que era melhor mesmo morrer pq minha infância toda tinha sido uma bosta, consegui me levantar e alguém tentou me ajudar. Deram o lugar preferencial, comecei a chorar de raiva e dor e toda aquela gente olhando pra mim e fui a viagem pensando a bosta que seria se entrasse alguma pessoal preferencial pq ia ter que dar o lugar e meu, meu joelho sangrava e doía.

Mas, cheguei viva e desolada em casa, com o joelho enorme e sangrando e sendo obrigada a não conseguir dormir naquela noite, pois o corintians foi campeão e acharam legal comemorar até o dia seguinte, NUMA QUARTA FEIRA!

Mas no fim, sou uma sobrevivente e posso me gabar que cai 2x no vão e as pessoas me olham chocada e espantadas como se eu fosse uma mulher maravilha. Isso é legal. Ninguém precisa saber que por dentro eu choro feito criancinha com medo da lenda do palhaço que rouba órgãos de criança.

BEDA #31 – BlogDay e É TETRAAAAAAAAAAAAAA

Em 31.08.2016   Arquivado em Blog

Não acredito que, além de sobreviver à Agosto, também sobrevivi ao BEDA!!! Olha, nunca achei que iria conseguir escrever 31 dias seguidos, MAS CONSEGUI!

Em relação as postagem, falhei 1 dia, pois tinha programado Links da semana e fiquei atrasada com a leitura e tenho TOC, não queria mudar a pauta já que eu ia fazer isso nos últimos dias do BEDA.

Confesso que foi caótico, visitei poucos blogs pois tinha que fazer os posts também e alguns foram complexos (os de viagens foram os mais chatos de fazer, por isso o último post de viagem, troquei a pauta). Mas vou aproveitar aquela planilha marota que temos naquele grupo maravilhoso e vou conhecer mais gente.

Se organizar, todo mundo bloga.

O que dizer desse grupo gente? É muito amor! <3 Eu nunca imaginei que um grupo que começou com 6 amigas doidas por toparem o BEDA, iria acabar 1 mês depois com mais de 400 membros!! Foi maravilhoso o apoio e acho que se não fosse isso, nem teria conseguido terminar isso.

O que rolou por aqui.

Eu fiz pautas fechadas. Cada dia da semana eu tratava um assunto diferente. Acho que por conta disso eu não pude explorar muito minha maneira de escrever, já que escrevi coisas mais “delicadas”.

O post que teve mais visita e comentários foi o “6 Heróis que Daria“, esse também, foi o post que mais gostei de escrever. Falei sobre feminismo, não de maneira tão profunda como gostaria, mas saiu e fiquei satisfeita. Indiquei filmes, séries e livros, além de ter feito uma playlist do qual não paro de ouvir. Mas, o assunto que eu mais gostei de abordar e que tive um retorno que não esperava, foram os sobre ansiedade. Foi ótimo falar sobre isso e os comentários me fizeram bem. Foi MUITO gratificante ver que teve gente que se sentiu acolhida com os posts e isso me fez um bem enorme. Obrigada gente <3

BlogDay e as indicações.

Bem, claro que vou colocar minhas amigas de blogs, irmãs parças camaradas:

  • Nicas: Se não fosse essa doida esse BEDA não teria saído! A Nicas era minha friend crush de uns tempos e eu sequer sabia que já tinha conhecido ela, haha. Ela tem uma maneira descontraída de escrever post que me agrada tanto;
  • Carol: Que TODOS os posts eu chorava de rir! Os melhores eram sempre dela pagando mico (desculpa miga) e os da Argentina me ajudaram na minha viagem, adoro!;
  • Vy: Que ainda mantem esse lance de blog diário que é muito raro de ver. Meus posts favoritos são os de viagens pq a Vy é o que eu quero ser daqui pra frente; uma pessoa do mundo;
  • Nat: A Nambara (acho bem mais legal chamar ela de Nambara) tem um jeito muito delicado de escrever e queria ser igual. Acho que o lance dela ser de peixes deixam seus posts mais pessoais e sonhadores, coisa que eu amo.

Bem, conheci alguns blogs, apesar de não ter conseguido conhecer tantos como gostaria de ter conhecido, ou ter tido tempo de comentar ou ler todos os dias. Mas esses foram os que consegui visitar e interagir, uns já conhecia e outros são novos que amei pacas <3

Agora vocês me dão licença que eu tenho comentários de 31 dias para serem retribuídos, de novo :D

BEDA #30 – Ser tia é foda! :)

Em 30.08.2016   Arquivado em Pessoal

Desde meus 10 anos de idade eu queria ser tia. Eu via meus colegas da classe sendo tios (?) e eu peguei aquilo pra mim de tal maneira. Eu coloquei na cabeça que eu ia ser a tia saca? Eu vou ser a tia mais legal de todos meus sobrinhos.

01

A uns 4 anos meu irmão falou que ele e a namorada estavam grávidos e meu, eu chorei, minha mãe chorou, foi festa. Mas foi uma situação delicada – vocês não fazem idéia de como meu processo de tia beira a ser uma coisa de porcelana – foi tenso mais todos estavam felizes, comprei várias roupinhas pelúcia e etc.

Ai recebi a ligação que a namorada do meu irmão perdeu o bebê. É, foi tenso. Depois disso meu irmão levou uma vida que na boa, tinha desistido de ser tia. Por mais que eu tenho 3 irmão, os outros dois não tinham planos de serem pais agora. Vida segue.

Ai foi a reviravolta, uma situação 3 vezes mais complicada do que a posterior e quando nós demos conta, o dia das mães de 2015, estávamos na recepção da maternidade aguardando a visita do Higor, meu primeiro sobrinho.

 

Como a mãe do meu sobrinho e meu irmão são separados, no começo foi D I F Í C I L, pois N séries de coisas complicadas que optamos por não lembrar. Mas dai as visitas do sobrinho são mais frequentes – pra ele não estranhar – e quando me dei conta, já sabia dar banho e colocar fralda (veja bem, eu desejava muito ser tia pra ter um pirralho pra brincar e não ter que pegar no cocô, a responsabilidade de tia tem limites e a dele tá sendo a poupança de carona pós rolê). Eu não tinha jeito nenhum com o Higor no começo, mas depois foi.

04

O legal de ser tia é você estar em um lugar e “nooooossa ele vai adorar isso” e conter a vontade de comprar algo pra você também (me desculpa mundo!) é brincar e, mesmo que você tenha momentos hards na vida, aquela coisinha sorridente vai te fazer bem pra caralho simplesmente existindo.

Além disso, eu aprendi uma coisa totalmente nova que é: aprender amar profundamente alguém.

02

Posso colocar a desculpa no ascendente em aquário, mas eu sou uma pessoa complicadíssima de demonstrar sentimentos de pessoas profundamente ligadas a mim. Minha família sempre esteve aqui e cresci amando eles da minha maneira, que é bem complicada, pois nunca PENSEI ou SENTI o amor, só tá ali. Mas com o Higo é diferente pois ele veio quando eu já era grande e numa época que tava amadurecendo como pessoa e quando eu paro pra pensar, você sente o amor sabe? É uma coisa que nunca imaginei que existia, e é bom pra cacete!

03

Agora eu tenho uma coisinha de 1 ano e 5 meses pra amar e ajudar ele na fossa quando for mais velho (sim, eu fiz o mapa dele, Touro com Vênus em Câncer) e outubro eu ganho mais uma coisinha, que irá se chamar Valentina se o bom Deus quiser :)

beda-sotmb

BEDA #29 – Minhas Ilustrações

Em 29.08.2016   Arquivado em Desenho

A vida é feita de desventuras né meus amigos? O post que pensei pra ontem (que é esse) eu me enrolei pra fazer e como meu dia foi TENSO ontem, optei por desenhar e depois dormir.

Ok desenhar.

Ai hoje me perguntando o que poderia escrever pro post de ontem veio a luz: PORRA ALINE VOCÊ É ILUSTRADORA!

Apesar d’eu estar parada com isso eu ainda sei desenhar e pelo menos aqui, só comentei uma vez. Acho que muitos de vocês que me conheceram pelo BEDA sabem que sei desenhar. Ok, desenhar, pois não desenho lá essas coisas. Enfim, vou postar as ilustrações que tem no meu behance. Eu tenho mais, só que estão no outro computador e né, to longe dele, hahaha

Espero que gostem :)

03 02 01

 

beda-sotmb

 

BEDA #28 – Favoritos da Semana

Em 28.08.2016   Arquivado em Pessoal

Agora que voltei de viagem, deu para ler alguns blogs, mas ainda tá difícil colocar em dia por motivos de BEDA né, não para. Fora que eu aproveitei o resto das férias para maratona de Gilmores Girls, sair e conhecer um carinha que vou ter crush mas não vai dar em nada.

– A Laila fez um post como usar o pinterest para se conhecer melhor;
A adultez chega e a Muryel falou sobre isso;
– A Nicas – essa maravilhosa – deu uma dica SENSA de aeroportos para dormir e falou sobre como é esse lance de comer coisa de verdade;
– Já no blog da Nambara, eu amei o post sobre listas, pois a real, é que minha vida precisa ser organizada ASAP;
– Vale também uma ida ao blog da Vy e dar uma invejada nesse post, pq as fotos <3;
– A Michele fez um post sobre “Mulheres que não foram feitas para casar” e é maravilhouso.

É isso, o BEDA tá acabando, estou nas horas finais da minhas férias mas minha vida ainda não faz sentido algum :D

 

beda-sotmb

Página 1 de 1412345... 14Próximo