Famigerada Bad: #2 Táticas de desapego
12/04/2016 às 20:21 | Arquivado em: Pessoal

Gostar de alguém é sempre bom. Eu gosto de ter em quem pensar antes de dormir, gosto de imaginar nossas férias em um lugar muito legal e postando as fotinhas no instagram – sou louca, eu sei. Gente vocês me perdoem mas eu tenho vênus em câncer </3 pior lugar para ter vênus mas a vida segue pois afinal sou leão com acedente em aquário.

tão desafinada quanto

Bem eu sempre digo para as migas curtirem o crush enquanto podem, mas a partir do momento que as borboletas no estomago tornam-se vespas: CILADA, CAIA FORA, CAIA FORA!!!

Então, o que podemos fazer para ajudar? Well, segue a listinha:

#1 Unfollow/Mute nas redes sociais
PRIMEIRA COISA A SE FAZER! Se não quer demonstrar que se importa, vai lá e da mute no facebook e twitter e segue a vida. Minha melhor dica é dar unfriend e/ou bloq e não olhar para trás. No começo vai ser normal ir no perfil delx e ficar olhando, mas uma hora você para pois simplesmente não vai dar mais. Quando você perceber, vai estar deslizando na timeline delx lindx e maravilhosx sem sentir incomodo algum. As vezes dava uma olhada na TL das pessoas que tive algo/gostei pra ver se sentia algo. Quando não ficava mal, era pq eu realmente tinha conseguido superar.

#2 Se afasta
Não dá para continuar conversando com a pessoa quando você percebe a merda que se encontra. Para de mandar mensagem e se a pessoa mandar, demore pra responder –  isso se responder. Eu tento ter uma conversa e colocar os ‘pingos nos is’ pois eu simplesmente não consigo lidar com coisa não finalizada. Mas depende muito do caso, se você estar percebendo que tá gostando de alguém e sabe que não é correspondido, para de falar aos poucos ou de uma vez. Cortar o mal pela raiz é o melhor indicado, pois as chances de você se recuperar é mais eficaz ;)

#3 Deleta do whatsapp e bloqueia notificação da pessoa.
Eu gostaria de simplesmente desligar meu celular no período do desapego, mas não posso por conta do trabalho. Então o que eu faço: Deleto TODA A CONVERSA sem backup. É uma das coisas mais doloridas que faço, mas não tem como. Vai ter um dia que você vai estar se sentindo sozinhx e vai acabar rolando a conversa e vendo como vocês se davam bem e fica tentando entender onde, em que momento não deu certo. Na boa, não faz bem não. Se você ainda não consegue dar bloq (eu por exemplo, nunca dou bloq) deixa a conversa sem notificação.

É bom cortar pelo seguinte: Teve uma vez que fiquei o dia todo esperando a resposta de um cara e no outro dia soube que ele tava passando o dia com a peguete dele e eu fui largada de lado. Soube disso pq ainda falava com a pessoa. Migx, você não merece esse tipo de situação.

#4 Permita-se se sentir um bosta
Quando as coisas não dão certo sempre tem um amigo que fala ‘não fica assim, ele não te merece’ NÃO FICA ASSIM É O KCTE! Eu QUERO me sentir uma merda, eu quero chorar por dias, eu quero sofrer e isso tá tudo bem. Chorar alivia muito, meu travesseiro é um ótimo ombro amigo. Eu sempre chorava no chuveiro mas racionamento e conta de água não deixa. Chore pois isso alivia e é a única maneira de lavar a alma. Chorar é a coisa que mais me ajuda quando levo fora e cada vez fica melhor. Junto com filmes de fossa e playlist pra curtir a bad ;)


#5 Não espere nada

Eu sou leonina e se ferir meu orgulho eu vou querer estar melhor do que a pessoa que me magoou. Mas isso nunca acontece. Eu sempre deixei os caras no facebook pq pensava ‘um dia ele vai ver que to na melhor’ mas isso nunca aconteceu e na maioria dos casos, a pessoa que fica por cima da carne seca e eu sofrendo. Eu parei com isso recentemente. As vezes por querer demonstrar para os outros que você que vai ficar melhor, o universo conspira contra. Então se dedique a você, viva a SUA vida que uma hora o universo conspira ao seu favor.

#6 Pare de pensar
O que me ajuda – e está ajudando, pois to passando por um puta decepção amorosa – é pesar em outras coisas. Quando me pego pensando no cara, já foco minha energia em outra coisa, é difícil e cansativo. As vezes minha cabeça me joga umas lembranças que foram muito boas e agora são bastante doloridas. As vezes consigo desviar, as vezes não. Relaxa que uma hora lembranças serão só lembranças e não estarão carregadas de sentimentos. Eu tenho planos pra minha vida então me forço a pensar em viagens que posso fazer, no trabalho e etc. Quando eu to emocionalmente mal – de forma geral – eu me disperso e não consigo focar, mas se você consegue, se joga numa leitura, num filme. Atualmente eu to focando no trabalho, pois não tenho ânimo pra outra coisa, mas em breve vou gastar minhas energias em programar minha viagem e conseguir organizar minha vida, faça o mesmo :)
Tenho amigas que conseguem fazer meditação, eu não consigo, mas tive dicas das mesmas amigas para me imaginar em uma bolha azul e pensar em uma luz. Respirar fundo e prestar atenção na sua respiração ajuda bastante.

#7 Crie tarefas e objetivos. OUSE!
Fiz uma listinha de coisas que quero fazer e foco meus pensamentos nela. Além disso to fazendo alguns pequenos projetos pessoais. To voltando a desenhar por exemplo e to escrevendo mais. Espalhei recadinhos positivos em lugares que sempre to olhando, como parede do quarto, papel de parede de celular, etc. Pegue uma coisa que você goste muito e foque nela. O que é legal também é experimentar coisas novas. Logo de cara não dá pois você não tem animo, mas que tal chamar um amigo para tirar um fim de semana para tirar fotos num lugar diferente? Ou aproveite os amigos para fazer algo bacana, nem que seja comer pastel de rua e ficar conversando sobre mapa astral.

# 8 Se ame!
Sempre que passo por alguma coisa desse tipo minha auto-estima – que já é uma merda gigante – fica mais baixa do que o normal, não consigo nem olhar no espelho. Então faça uma pequena mudança em você! :)
Mude radicalmente ou delicadamente o visual. Mude um estilo de roupa, faz um corte de cabelo diferente, qualquer coisa que faça você se sentir lindx e maravilhosx! Isso ajuda a ver que na verdade, o problema nunca foi você, só aquela pessoa que foi incapaz de ver coisas em você, pequenas coisas no seu físico e na personalidade que fazem de ti uma pessoa maravilhosa, ou simplesmente não rolou aquilo que chamam de ‘sintonia mútua’. O problema nunca é a gente, somos maravilhosos em pequenos detalhes e alguém um dia vai gostar disso e se não, dane-se você tem que viver para você, a primeira pessoa no universo que tem que gostar de você, é você mesmo.

E se nada der certo?
As vezes fazendo tudo o que podemos fazer não adianta, os amigos são incríveis mas não são o suficiente, pequenos prazeres, coisas que te deixam feliz… nada funciona, nada anima, nada é capaz de fazer você se reerguer, então procure ajuda. Tente desabafar com aquele seu amigo, que tá ai pra tudo e se não der certo, procure ajuda. Tá tudo bem você pedir ajuda a um profissional. Tá tudo bem fazer terapia para conseguir esquecer um amor. Você não é fraco ou louco, pelo contrário, você teve forças o suficiente para viver e amar, mas a vida acontece e não temos controle. Além disso, alguma ajuda espiritual também ajuda. Se você tem algum tipo de crença se joga. Como dito acima, minhas amigas sugeriram pensar em coisas para proteção e etc. Você também não será julgado por ter fé, a única coisa que não pode acontecer é você ficar mal. As vezes a tristeza se torna uma dor física, então deixar pra lá, não é uma opção.

O próximo e último post, vai ser uma lista de filmes e músicas que ajudam a levantar o ânimo e ajudam a sair da bad!

7 comentários

Tags: ,


Famigerada Bad: #1 Filmes e Músicas pra Chorar
05/04/2016 às 20:54 | Arquivado em: Pessoal

Adoro o jeito que ela faz eu me sentir, como se tudo fosse possível, como… sei lá! Como se a vida valesse a pena.

Bem, quem nunca teve uma decepção amorosa na vida? Cada um tem uma decepção diferente, algumas são intensas que doem o peito e faltam o ar e outras são tão de boas que uma semana você já esqueceu.

Nem sempre.

Eu passei pelos dois casos, nenhum deles foi termino de namoro, sempre gostei e nunca deu certo e tão acostumada com isso eu já tenho um certo padrão de fazer as coisas: Eu curto intensamente a fossa e depois preparo o passo de sair da merda. Ao meu ver, eu tenho que soltar tudo o que tenho que soltar no começo para depois conseguir superar e seguir em frente. Na fossa eu permito coisas que eu sei que me machucam, mas é meio que tratamento de choque sabe? Eu me permito ficar na merda sim e não vejo problema nenhum em chorar ou ficar down por causa de amor. Ainda mais feminista, tá tudo bem chorar por homem (ou mulher) a questão é o tempo que você fica na bad, então cuidado. Enfim depois de chorar e sofrer, vou para o passo #2 que vou explicar em outro post (inclusive, fiz ele antes deste).

Aqui vou colocar 6 filmes e uma playlist de musicas que escuto pra ficar na merda por amor. A última fossa eu ouvi todo o RED da Taylor Swift, mas variar é bom e infelizmente não temos a Taylor no spotify pra preencher a playlist.
Os filmes; 3 deles tem final feliz e 3 deles final não tão feliz assim, como a minha e sua vida <3 Acho legal ver filmes que o final não é feliz, pra poder ver que até hollywood tem finais tristes. Vou colocar se ele tem final feliz ou triste no final da descrição com fonte clara, não sei se vocês curtem spoiler ou não, então não vou arriscar.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain)
Eu amo esse filme! Ele tá na lista de filmes favoritos e sei lá, amo toda a história dele, de como Amelie sente que não se encaixa direito no mundo mas depois tudo faz sentido. Filme com final feliz!

Pequenos prazeres <3

Amor e Inocência (Become Jane)
Filme conta a história da escritora britânica Jane Austen – essa que por sua vez, nos tornou mais exigentes por querer um Sr. Darcy para chamar de seu. Conta o período do qual ela escreveu seus melhores romances e, obvio, se apaixonou por alguém. Filme com o final triste e terrível, fiquei na merda! hahaha

Brilho Eterno de uma Mente Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind)
Como fã de Ficção Científica, adoro quando abordam esse tema com algum romance e drama. Escolhi esse pra lista justamente por tratar de uma coisa que gostaríamos de fazer quando a vida não sai como você planejou, esquecer. Neutro, pois sei lá, deu tanta merda…

Simplesmente Acontece (Love, Rose)
ESSE FILME É DOR E SOFRIMENTO! HAHAHA é um drama/romance que alguns não vão curtir… Coloquei ele aqui pois lembro que quando assisti, foram borboletas no estomago o tempo todo e o filme fala sobre dois amigos que são apaixonados e o destino é bem cretino com ele. Por motivos óbvios, não verei o filme tão cedo, rs. Final feliz, por isso não verei tão cedo hahaha

Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice)
EU NÃO PRECISO FALAR DESSE FILME NÉ MINHA GENTE? POR FAVOR! Enfim, clássica história que homem rico se apaixona pela menina pobre e faz de tudo pra ficar com ela. Por favor, me deixe sonhar, a fossa é minha! Final rico e feliz e com carruagem melhor que da Jane! :D

(500) Dias com Ela ((500) Days of Summer)
Diferente de muitos filmes de romance, o protagonista é um homem. De forma não linear, conhecemos a Summer e percebemos que, definitivamente não controlamos nossas vidas. Estar no verão é maravilhoso, mas o outono pode ser melhor. Não é um
final feliz da maneira que você pensa, mas eu o considero até neutro.

Sim, temos uma playlist de dor e sofrimento chamada, Everything is going to be fine. It’s just a crush. Ref a imagem que abre o post.

Comentários

Tags: , , , , , , , , , , , ,


Mulheres que me inspiram!
08/03/2016 às 20:40 | Arquivado em: Pessoal

post-mulheres

Hoje quis trocar o avatar do meu facebook e colocar uma mulher que me inspira, são muitas e confesso que fiquei na dúvida de qual colocar. Ai pensei, “bolas, tenho um blog, por que não fazer um post?” e sendo assim, esse é um female appreciation post na vida de vocês <3
Amelia Earhart – Aviadora
Foi pioneira na aviação dos Estados Unidos, autora e defensora dos direitos das mulheres. Condecorada por ter sido a primeira mulher a voar sozinha sobre o oceano Atlântico.

Hedy Lamarr – Atriz e Inventora
O sistema de comunicações que Lamarr criou para as Forças Armadas dos Estados Unidos atualmente acelera as comunicações de satélite ao redor do mundo e foi usado para criar a telefonia celular. Pouca coisa quase nada, né?

Caroline Herschel – Astrônoma
Aprendeu sobre matemática e astronomia SOZINHA! Fez várias descobertas significativas na astronomia junto com seu irmão William Herschel. Primeira mulher a ocupar cargo de assistênte do astrônomo da corte e a primeira mulher a ser paga por sua contribuição

Ada Lovelace – Matemática e Escritora
Hoje é reconhecida principalmente por ter escrito o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina, a máquina analítica de Charles Babbage. A primeira pessoa responsável pelo primeiro programa de algoritmos computacional da história da ciência. E quando foi isso? 1842! :)

Grace Hopper – Almirante e Analista de Sistema
Foi analista de sistemas da Marinha dos Estados Unidos nas décadas de 1940 e 1950 e almirante. Foi ela quem criou a linguagem de programação Flow-Matic, hoje extinta. Esta linguagem serviu como base para a criação do COBOL. Ela também foi uma das primeiras programadoras do Harvard Mark I em 1944.

Nichelle Nichols – Atriz
O papel dela como Tenente Uhura representou um marco histórico para a sociedade americana. A presença de uma mulher negra na ponte de comando e com patente de Tenente, representou uma possibilidade de futuro de desenvolvimento para toda uma geração de jovens negros que vivam uma luta por direitos civis. (Tive a oportunidade de estar frente-a-frente com ela quando fui para califórnia, gente estar perto dessa mulher foi uma das melhores sensações que tive na vida).

Marie Curie – Química e Física
Primeira mulher a ganhar um Nobel e primeira pessoa aganhar o prêmio por duas vezes. Além de ser a primeira mulher a ser adminita como professora de universidade na França. Ela acumula no total 5 prêmios Nobel.

J.K Rowling – Escritora
Responsável pela série Harry Potter (jura que não sabia?). E a mulher que mais me inspira na vida! Dona de uma criatividade sem limites. Não preciso de texto para explicar a importancia dela no mundo e pra mim, não teria palavras para descrever a importância dessa mulher na minha vida.

A maior parte das mulheres que me insipiram foram pioneiras em algo e sua maioria em áreas que atualmente são ‘dominadas’ por homens. Acho que por isso elas me inspiram… fazem eu ver que lugar de mulher é onde ela bem entende e que sim, podemos fazer uma puta diferença no mundo! :)

Recomendo a leitura de duas listas de mulheres incríveis:

5 mulheres pioneiras na ciência que merecem ser lembradas
Mulheres Que Mudaram Sua Vida e Você Provavelmente Nem Sabia

1 comentário

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,


Voltei?
03/03/2016 às 20:05 | Arquivado em: Pessoal

Hello from the outsiiiiiiiiiiiiiiiiide

A verdade que não sei bem o motivo de ter parado de postar. Rolou um desanimo ENORME e parei. Ai pra ajudar o domínio ficou R$90,00 pra renovar e pensei ‘é, abri mão’ mas ai o domínio liberou por R$30,00, as amigas voltando a blogar – e marcando você em tags – e a necessidade incrível de escrever. Mesmo sabendo que talvez, talvez eu largue isso de novo. Mas com o Di Caprio ganhando Oscar, as coisas mudam.

O que fiz nesse 1 ano sem blogar? Quase nada. Aquilo, o meu desanimo se arrastou por um ano inteiro e quando finalmente eu tinha me reerguido: outro baque. Não é fácil amigos, ser eu. Instável, intensa e com um psicológico bem frágil.

Não li, abandonei todas as séries que assistia e fui ao cinema apenas duas vezes.

Frustrações foram os montes e decepções então? Nem se fala. Tentei ser um pouco diferente do que normalmente sou e isso só fez machucar meu coração. Surgiram pessoas na minha vida que já saíram. Segui em frente.

Porém, por tudo que aconteceu, se não fosse algumas pessoas que conheci ano passado e outras que ‘reaproximei’ nem sei se teria aguentado o tranco. Existem 6 meninas que foram incríveis comigo. Do “pára você é linda” ao “HONRA A PORRA DO TEU LEÃO”. Além de uma amiga muito querida que já tinha, acabei conhecendo no final do ano, a pessoa que viria ser meu melhor amigo do qual existem histórias sobre nós dois que daria um livro com um puta plot twist, minha gente.

É isso, por hora to de volta. Espero continuar mais tempo com vocês :D o próximo post já tá agendado aguardando pra ser postado!

O layout continua o mesmo. Eu amo essa ilustração da Juliana Ribeiro! Até pensei em mudar de layout mas eu gosto muito do jeito que deixei este, só mudei alguns detalhes. Além do mais, esse visual não chegou a ficar muito tempo online, mas como sou instável, posso vir a mudar e deixar tudo muito diferente.

1 comentário



#WorldBookDay – Livros que amo
06/03/2015 às 02:38 | Arquivado em: Leitura

Hoje, 05 de março é World Book Day e como amante de leitura com mais de 300 livros no quarto, achei que DEVERIA fazer um post com os livros que mais gosto. Ia fazer um top 5 mas é IMPOSSÍVEL e como soube da data hoje, peguei os que me marcaram mesmo :)

IMG_9223O Hobbit é meu livro favorito do universo, além de ser o livro que mais li até hoje – não sou muito de repetir leitura, pois tenho muitos livros para ler – mas esse eu já li e reli algumas vezes (6, para ser exata). Não sei dizer porque ele é meu livro favorito, acredito que seja por que eu rio, choro, sinto gosto das coisas, vejo as cores das paisagens e gostos das comidas. Adoro a ideia de cair em uma aventura e mudar por completo sua essência e ver que o mundo não é apenas 1 km ao seu redor, é mais. Além disso, “Hobbit” é a criatura do mundo da fantasia que mais me identifico.

Clique abaixo e conheça os meus outros livros favoritos :D

(more…)

4 comentários

Tags: , , , , , , , , , , , , ,


Califórnia #1: O Impulso e um ano depois: GallifreyOne
27/02/2015 às 06:38 | Arquivado em: Viagem

Esse post faz parte de uma série de 3 (ou 4) publicações sobre minha viagem para Califórnia. Enjoy! – or not.

Ok mais de uma mês sem blogar. Mas eu tenho um bom motivo: Férias \o/

Eu tinha 2 temas de post que tinha que sair no final de janeiro, mas minha última semana do mês um e a primeira do mês dois foi uma correria danada. Eu tinha que deixar coisas adiantadas no trabalho, deixar trabalhos da pós organizados pois iria faltar 3 semanas (uma matéria eu tenho certeza que levei bomba) e ainda deixar um freela pronto 2 semana antes do prazo pois não sabia como ia ser lá. Enfim, insano.

Bem, meu maior sonho de viagem para o exterior era – e ainda é – Londres. Nunca pensei em ir para Califórnia, mas amiguinhos, a vida é cheia de surpresa e foi pra lá que a menina Vader foi.

Continue lendo minhas aventuras clicando aqui em baixo :D
(more…)

1 comentário

Tags: , ,


Begin Again
25/01/2015 às 22:04 | Arquivado em: Filme e Série

Esse ano quis organizar mais minha vida. Acho que o lance do blog me ajudou a ser mais organizadas na questão do “just for fun”. Gosto de falar sobre coisas que gosto ou vi no final de semana, mas normalmente não tenho com quem falar isso – esse o motivo de voltar com o blog. Bem, existem algumas pessoas que fazem parte do meu dia-a-dia que recomendam filmes e músicas de acordo com meu gosto. Meu “chefe” por exemplo, sempre que pode conversa sobre filmes e séries, manda mensagens como “Escuta Of Monster and Men, é sua cara”, ou antes de ir para uma renuão ele me chame de Amelie Poulain. Assim, do nada.

Enfim, ganhei um novo coleguinha novo – e que graças a Deus é mais comunicativo e tem um conhecimento sobre cultura pop parecido com o meu. Entre uma conversa ou outra sobre fotografia, design e música, ele acabou falando de Begin Again (Mesmo Se Nada Der Certo) e falou da sinopse do filme. Acredito que ele tenha falado isso pois foi no dia do lancamento de Sugar e eu tava bem encantada com tudo.

music-about
Begin Again – vou me referir em inglês pois odiei o titulo em português – tem como base duas pessoas com suas dores e suas maneiras de lidar com os desapontamentos que a vida normalmente dá. Dan (Ruffalo) um produtor musical fora demetido da sua propria gravadora e Gretta (Knightley) tinha acabado de descobrir que o namorado Dave (Levine) a tinha traido e largou ele. O dia ruim dos dois acabaram em um bar onde a vida dos dois seria mudada depois de uma cerveja e um papo possivelmente bebado.

(more…)

1 comentário

Tags: , , , , , ,


5 anos e 1 cicero
18/01/2015 às 19:52 | Arquivado em: Desenho

bye
Bem que poderia blogar sobre outra coisa… Mas hoje estava procurando meu Moleskine que separei para viagens e achei o meu Cicero na gaveta da mesa.

Comprei ele no final de 2008, um presente pra mim mesma por ter passado no vestibular e oras, todo ilustrador – ou aspirante de – deve ter um caderno na bolsa/mochila. Hoje ao abrir e ver a data do desenho da primeira folha me veio um misto de alegria e tristeza. Alegria pelo fato dele estar recheado de memórias da faculdade e ideias de projetos que posso seguir em frente. Tristeza pelo fato de ter levado quase 6 anos para completa-lo. Ao ver as datas me toquei que fiquei praticamente o ano de 2011 SEM desenhar. E não foi por esquecer de colocar a data – que sempre esqueço – mas é que de fato, eu tive um hiatus muito grande e simplesmente parei de desenhar. A vantagem é que final de 2013 e começo de 2014 eu desenhei muito, muito mesmo! Acredito que esses espaços de tempo para por a mão no lápis se deu por ter ficado 2 anos trabalhando com aquilo que não gostava e definhando em transporte público. Quando finalmente comecei a trabalhar com criação voltei a desenhar.

Estou sem caderno agora – justo eu, a doida da papelaria. Não que esteja sem caderno, tenho vários pequenos, só que ainda não consigo desenhar em coisa minuscula, preciso de espaço =P
Em uma viagem que fiz ao Rio eu trouxe um LINDO branco e verde com desenhos da cidade e ganhei um do Google ano passado mas eles são claros demais e sei que vão sujar e sou chata com isso. Enfim, enquanto isso to desenhando em folhas ou no caderno da Pós (quem nunca?)

Btw, decidi compartilhar alguns desenhos – inspirado nesse post da Juliana. Não são o máximo e estou bem longe de ser uma boa ilustradora, mas eu curto desenhar de vez em quando e meu traço estaria incrivelmente melhor se não enrolasse para me dedicar a isso desde meus 16 anos.

(more…)

4 comentários

Tags: , ,


Tag: 7 coisas
16/01/2015 às 01:40 | Arquivado em: Pessoal

O que dizer sobre o fato que eu tenho um post quase pronto no meu draft, mas como eu quero ilustrar uma parte dele vou ter que dar uma segurada. Ai pra ajudar na minha pauta (pois eu tenho várias ideias de posts mas não me organizei :B) a Duds me indicou para a Tag 7 coisas. Devo confessar que amo esses posts coletivos e tinha mô vontade de fazer quando voltasse a blogar, e veio cedo.

Enfim, era para ter postado isso mais cedo, mas existe uma coisa nesse mundo que arruína minha vida nomeada Adam Lavine que no meu tempo livre no trabalho, fique vendo sugar (e não regreto nadica!)

BBC The World Tour - Rio 2014

BBC The World Tour – Rio 2014

7 coisas pra fazer antes de morrer

– Visitar Londres
– Visitar Nova Zelândia
– Disney (sonho de infância)
– Ler Divina Comédia
– Conhecer a J.K Rowling
– Ir a um show do Backstreet boys
– Ter minha casa

7 coisas que eu mais falo

– “Bom dia”
– “Yep”
– “Quié?”
– “Alexandre?”
– “NINGUÉM SAI”
– “SOCORRO”
– “Melhor pessoa”
– “Não sou obrigada”

nascer do sol

Nascer do Sol – Rio/SP 2014

7 coisas que me encantam

– Por-do-sol/Nascer-do-sol
– Céu estrelado
– Luzes de Natal
– Pessoas que agregam em algo possitivo na vida de outras
– Jazz
– Barulho de Chuva
– Richard Armitage (rere)

7 coisas que eu não gosto

– Linha vermelha do metrô
– Verão
– Ter que sair de casa no sol quente
– Café
– Pessoas
– CorelDraw
– Fazer qualquer tipo de exercício

Mona

Monalisa dormindo <3

7 coisas que eu mais amo

– Cachorros
– Frio
– Estar com amigos
– Ficar em casa vendo filme/série
– Coca-cola BEM gelada
– Livros/Livraria
– Fotografia

Eu tinha que indicar 7 blogs, mas como acabei de voltar com o blog depois de ANOS e todos os blogueiros brothi que conheço não blogam mais, fica para uma próxima.

Obs.: As fotos que ilustram esse post são minhas. Todas capturadas pelo meu celular, por isso tá uma droga :P

7 comentários

Tags: , , , , ,


Well, Hello.
10/01/2015 às 19:59 | Arquivado em: Pessoal

HAI!

Estou tanto tempo sem postar que nem sei por onde começar. Se falo sobre mim,  se falo sobre o blog, ou ainda insisto em falar do 7×1 da Alemanha.

Sobre mim você pode achar aqui ó e conforme eu for postando, afinal aqui é um blog pessoal, sem look do dia – SORRY – mas vai ter coisa legal, juro!

Então, to nessa de blog a mais de 10 anos, quando tinha aquela paradinha de falar sobre seu dia, fazer gifs e mandar para outros amigos blogueiros. Passei por um grupo de blogueiros em grupo do MSN (alguém lembra dos grupos de MSN?), Okurt, Templates by Marina, Blogueria e Deletéria enfim, depois que a Duds – aquela diva – voltou a blogar deu vontade de postar e dividir as coisas que gosto e falar o que sinto, já que desde sempre guardo meus sentimentos pra mim – não que eu vá falar de tudo aqui, mas irei compartilhar experiências que me fizeram evoluir.

Bem, o nome do blog:
Não é “apenas um nome” existe toda uma história por trás. Tenho amigos que realmente me chamam de Vader – até mãe de amigos meus me chamam assim – e tudo isso por causa de uma piada interna infame. É engraçado o fato de nunca ter uma apelido legal – nem de Line as pessoas me chamam, é bem raro – e dai um apelido legal pega. Enfim, um belo dia eu comentei os amiguinhos dos meus filhos vão ter que me chamar de Dona Vader. Eu gostei tanto da sonoridade que fiz uma page no Facebook onde usaria para divulgar meu trabalho – Sou WebDesigner, trabalho com isso e tenho ilustração e fotografia como hobbie – mas como 2014 foi um ano bastante tumultuado, quase não postei e decidi aproveitar o nome pro blog e continuar com a page.

Os meses de outubro à dezembro foram tão caóticos de várias formas que me sentia necessitada em por pra fora mas não tinha onde fazer isso, facebook hoje em dia não passa de uma ferramenta de likes e problemas, ainda mais quando você tem sua família inteira lá e boa parte do pessoal do trabalho. Então queria muito que o layout significasse muito pra mim e passasse o que estou sentindo e queria fazer uma brincadeira com o nome. Tentei desenhar em vão pro site, ainda mais que queria algo muito parecido com o trabalho da Juliana. Entrei em contato com ela e solicitei o desenho :) é incrível o trabalho dela e o cuidado que ela tem, sem contar a atenção dada, ficou pronto rapidinho e da maneira que queria. Nem ousei a colocar muito elemento no header para não perder o trabalho maravilhoso dela. Muito obrigada Juliana, por tudo <3

Se você é ilustadora, por que não é seu desenho?
Como falei, não conseguia desenhar o que queria e a Ju tem exatamente o que precisava pra agora. Além do mais, eu como ilustradora, devo valorizar o trabalhos dos meus colegas de profissão ;)

Pra fechar, como faz muito tempo que não programo, peguei o theme base da Tamara e serviu muito bem. Não é exatamente o que queria, mas a vontade de voltar a blogar era tamanha que está tudo bem e estou bem satisfeita com o resultado final, mas durante os dias eu vou dar uma mudada, principalmente no background pois tenho algo em mente e algumas melhorias.

E acabamos por aqui, nos vemos em outro post ;)

6 comentários

Tags: ,